Por Samir Scout – 09/2015

 

Não poupei esforço nessa cruzada em busca do pão perfeito na capital paulista, fui a lugares nunca imaginados para provar o mais antigo dos alimentos, conheci pessoas incríveis e o sabor de cada pão nessa busca, me fez quebrar preconceitos.

 

2015-09-06 10.03.53

 

Aceitei a farinha integral e até os grãos que tanto abominava, me foram mostradospor um outro “sabor de vista”, ou “ponto de paladar” como queira. Descobri que a menor distancia entre o objetivo e o pão é a curiosidade e a cada mordida acredito estar mais perto de encontrar o que busco, tomando o devido cuidado para não aumentar de tamanho enquanto fermento nessa jornada.

 

Você sabia que na França para uma padaria ser chamada de Boulangerie a massa deve ser trabalhada, moldada e assada no local? Experimentei na Julice – Rua Deputado Lacerda Franco, 536 uma mini baguete de farinha integral quentinha, hummm foi então que tive a certeza que o atalho para o coração passa pelo paladar.

  

 

2015-08-29 08.53.51

 

 

Em plena Rua Wisard 138, conheça o pão de azeitonas pretas e o pão de 10 grãos, e sinta uma nova forma de saborear o pão nosso de cada dia.

 

2015-09-06 19.42.23

2015-09-06 10.03.28

 

Depois dessa fase da minha saga, percebi que estou me tornando uma pessoa melhor.

Todo o preconceito que tinha com a farinha integral e os grãos se transformaram em pós conceito, cujo conceito elevou algo que eu não tinha, o conhecimento de que o pão varia de forma e sabor, combinados são dignos de agradecimento.

 

Tal agradecimento me levará ao próximo lugar onde buscarei o pão, a casa do criador. Ouvi dizer que o criador tem várias formas e casas, então frequentarei todas elas e em cada religião se necessário vasculharei pelo pão perfeito.

 

 

Ouça nosso TourCast sobre o Pão https://justcast.herokuapp.com/shows/samir-reis-tourcast/audioposts

Fotos: Samir Scout