Sou paulista e desde que me entendo por gente escutei a famosa rivalidade entre Paulistas x Cariocas. Nunca entendi muito bem o por quê, mas cresci nessa onda de que o carioca isso, o carioca aquilo, assim como a cidade do Rio de Janeiro isso e aquilo. Tão grande foi a onda, que quando me dei conta já estava na mesma maré.

E eis o que é o destino, pois acabei por morar na cidade carioca a trabalho. Confesso que fui  para o Rio de Janeiro com o pé atrás, porém, para minha surpresa, descobri que os cariocas crescem na mesma onda que os paulistas, só que inversa. No começo o meu orgulho por São Paulo (afinal sou paulista) era devido a sermos a referência de desenvolvimento de nossa nação, afinal os paulistas são a locomotiva que move o país, contudo, do outro lado ouvia: tá, mas e daí? Vive pra trabalhar ou trabalha pra viver?

Pensei e pensei e a frase parecia antagônica, afinal os meus chefes mais rigorosos e workaholics sempre foram cariocas, pasmem. E nessa convivência “flumipaulinense” sempre ouvia: ae paulixta, me cita um lugarrr em Sampa como isso aqui? Poxa, muito difícil falar algo olhando a praia de Ipanema / Leblon, não dá pra competir! Aliás, praia como aquela, com a energia e o calor brutal do verão, não dá para competir mesmo.

Como conheci e me embrenhei na cultura carioca/fluminense estou ciente que não teremos a beleza das praias em nosso quintal, afinal estamos entre 700 e 900 mts do nível do mar mas, abaixo, seguem minhas 10 dicas para que o carioca tenha bons motivos para vir à capital paulista:

1 – Parque da Cantareira => Se os cariocas acham que possuem o maior parque de floresta urbana do mundo (Floresta da Tijuca), é por que não conhecem nosso parque da Cantareira localizado na Zona Norte de São Paulo. O lugar é tão grande que a floresta do Tio Juca fica pequena perto dela. Se você não acredita, olhe no mapa a diferença de tamanho entre as duas. O lugar é dividido em 4 núcleos (Pedra Grande, Águas Claras, Cabuçu e Engordador). Lá há trilhas e cachoeiras maravilhosas que nos faz esquecer que estamos em uma grande metrópole.

Serra Cantareira

2 – Pães => O carioca ama comer bem, mas é bem mais econômico que nós paulistanos. Então, aqui fica a dica de conhecer os pães que não só existem em padarias, mas em igrejas e restaurantes, afinal produzimos aproximadamente 10,4 milhões de pães por dia. Tenho certeza que o carioca irá se sentir no paraíso ao entrar em algumas de nossas padarias paulistas, além dos pães, tem de tudo um pouco.

2015-08-28 12.24.59

http://infinity.tur.br/pao-em-sao-paulo/

http://infinity.tur.br/saga-do-pao-pos-conceito/

3 – Pinacoteca do Estado => Cultura é um ponto forte nos cariocas. É impressionante como podem falar de tudo, pois mesmo quando não dominam o assunto conseguem desenvolver de uma forma que sempre acho que estou falando com um especialixxta :-). Por isso, aconselho que o carioca vá à Pinacoteca e embarque nos quadros e esculturas do local e conheçam um ambiente mais que acolhedor com seus tijolinhos que montam um castelo.

imgres

 

 4 – Museu da Imigração => O local era a hospedaria que abrigava os imigrantes recém-chegados do porto de Santos, que ali ficavam até seguirem para as lavouras e outras cidades. Atualmente tudo foi transformado em um museu, que é uma viagem no tempo. Ao vermos como chegavam nossos acendentes, cheios de histórias e sentimentos impressos nas cartas e nos sonhos, o lugar emociona. Outro ponto alto é quando você encontra o sobrenome da sua família escrita nas paredes, aí você sentirá emoção mesmo. 

2014-05-31 14.45.38

5 – Teatro Municipal de SãoPaulo => O daqui considero tão belo quanto o do Rio de Janeiro, por isso faça a visita, conheça a história e se puder vá a uma peça no Municipal, onde rola de tudo. Já ouvi samba, ópera, MPB e a preços populares entre R$ 10 e R$ 15.

DCF 1.0

6 – Sala São Paulo => Aqui até o carioca vai sentir uma ponta de orgulho de ser paulistano. Pense em uma casa de música erudita construída dentro de uma estação de trem. Até aí, isso é fácil de fazer, porém o impressionante mesmo é que a estação é uma das mais movimentadas da cidade, com seus trens a todo vapor, ou melhor, toda eletricidade. O trabalho genial de Neshling (que é carioca) ao capitanear o projeto desse lugar, faz com que a acústica seja mais que perfeita. Não acredita? Vai lá conferir, te pago um café se não gostar. 

Sala-São-Paulo-2-EsponjaCultural

7 – Edifício Martinelli => Visite gratuitamente o primeiro arranha céu da cidade e tenha uma vista 360 graus da nossa selva de pedra e depois me diga que não ficou impressionado.

F.02 Martinelli J.Villavisencio

8 – Pizza => É difícil falar de pizza, porquê ela é a nossa redonda mais saborosa no país. É, eu sei que agora tem muitas pizzarias excelentes no Rio, mas aqui não tem pra ninguém. Quer uma sugestão desse humilde guia de turismo? Vá à pizzaria Graminha na Vila Madalena. Eu tenho umas 30 pizzarias em minha lista, mas dado que essa é uma lista para cariocas, é um lugar muito aconchegante, por ser rústico devido ao seu piso de lajota e muita madeira.Vá de chinelo, bermuda e camiseta. Garanto que estará em casa, pois a cerveja vem trincando e a pizza é quadrada de até 3 sabores. Mas não se assuste com o garçom cortando a pizza com um facão que faz o lugar todo estremecer. Ah e não se esqueça que nossa pizza de calabresa não tem queijo hein, e dado que está em Roma coma como os romanos, nada de ketchup.

CIMG9309

9 – Vila Madalena => Bairro boêmo com muitos bares e restaurantes interessantes. Ô lugar em São Paulo pra ter morro inclinado como a Vila (bem, já que tu é carioca, isso não é problema).

imgres-1

10 – Escola de samba Vai-Vai => Localizada no Bixiga (nome popular da Bela Vista), sua quadra é na rua, isso mesmo. A escola é a maior campeã de títulos do carnaval paulistano: “Quem nunca viu o samba amanhecer vai no bixiga pra ver. Bixiga hoje é só arranha-céu e não se vê mais a luz da Lua, mas o Vai-Vai está firme no pedaço é tradição e o samba continua.”

vai-vai

Espero que esses motivos sejam mais que suficientes para visitarem minha cidade! E mais, se você gostou, pode me chamar que eu topo te levar nesses lugares.

Samir Reis